Profissionais como você, que atuam no ramo da corretagem, um setor do mercado muito competitivo, sabem da importância de compreender bem as necessidades dos seus clientes e de oferecer a melhor solução para eles.

A qualidade da informação que você oferece é fator positivo para conquistar a confiança do consumidor para o seu produto e serviço. Uma relação comercial bem iniciada tem vida longa.

Contudo, as pessoas que desejam adquirir seguros costumam estranhar o jargão técnico, a quantidade de informações e ter muitas dúvidas. Uma delas é o que é Susep.

Para ajudar você a dar a resposta correta, preparamos este post. Boa leitura!

O que é Susep?

Susep é a Superintendência de Seguros Privados, uma autarquia vinculada ao Ministério da Fazenda que foi criada pelo Decreto-lei n. 73, em 21 de novembro de 1966. Ela tem a responsabilidade de controlar e fiscalizar os mercados de seguro, previdência, resseguro e capitalização.

A Susep determina as normas que devem ser obedecidas pelas seguradoras e corretoras de seguro e fiscaliza o cumprimento delas.

Além disso, é ela que habilita e autoriza o profissional que deseja atuar como corretor na venda de seguros, de previdência, de capitalização e de resseguro em todo o país.

Quais as atribuições da autarquia?

Para o cidadão que procura um plano de seguro, de previdência ou de capitalização, fazer uma consulta à Susep é fundamental para saber se tanto a seguradora quanto o produto que ele deseja adquirir estão regulamentados e autorizados.

Confira as incumbências da Superintendência:

  • fiscalizar a constituição, organização, funcionamento e operação das sociedades seguradoras, de capitalização, entidades de previdência privada aberta e resseguradores, na qualidade de executora da política traçada pelo CNSP (Conselho Nacional de Seguros Privados);
  • atuar no sentido de proteger a captação de poupança popular que se efetua por meio das operações de seguro, previdência privada aberta, capitalização e resseguro;
  • zelar pela defesa dos interesses dos consumidores dos mercados supervisionados;
  • promover o aperfeiçoamento das instituições e dos instrumentos operacionais a eles vinculados, com vistas à maior eficiência do Sistema Nacional de Seguros Privados e do Sistema Nacional de Capitalização;
  • promover a estabilidade dos mercados sob sua jurisdição, assegurando a sua expansão e o funcionamento das entidades que neles operem;
  • zelar pela liquidez e solvência das sociedades que integram o mercado;
  • disciplinar e acompanhar os investimentos daquelas entidades;
  • cumprir e fazer cumprir as deliberações do CNSP e exercer as atividades que por ele forem delegadas;
  • prover os serviços de secretaria executiva do CNSP.

A Susep é importante para o consumidor?

A Superintendência de Seguros Privados é muito importante para o consumidor e também para as seguradoras. A autarquia garante a formação de reservas financeiras pelas empresas. Isso permite que elas façam os pagamentos devidos ao segurado em caso de sinistro.

A Susep atua no combate às fraudes que causam sérios prejuízos para todas as partes envolvidas. Caso aconteça, o consumidor deve recorrer a ela. O mesmo procedimento deve ser adotado se sentir que os seus direitos não estão sendo respeitados.

Agora que você está por dentro de o que é Susep, certamente saberá explicar com detalhes aos seus clientes o seu significado, responsabilidades e importância. E, assim, continuar atuando no mercado com credibilidade e reconhecimento.

O tema deste post é importante para a sua atividade profissional? Para receber outros artigos sobre o assunto, assine a nossa newsletter.

Share This